Recuperação de fachadas e pintura

Recuperação de fachadas e pintura

Reforma de Fachada

A reforma de fachada predial evita diversos transtornos aos condôminos, como queda de revestimentos, infiltrações e desvalorização do bem.
A fachada é o primeiro ponto que a ser observado em uma edificação e a falta de manutenção causa aparência de descuido.
Portanto, é fundamental que sejam feitas avaliações e manutenções periódicas. Podem ser desde uma simples limpeza e rejuntamento, até uma restauração completa. Inclusive com a necessidade em alguns casos, de recuperação da estrutura expostas, pela deterioração do revestimento da fachada. O fato é que, mesmo necessitando de algum investimento, a relação custo benefício da manutenção é excelente.

Pintura de fachada predial

A pintura de fachada predial é necessário para proteger a edificação das intempéries. Para uma bom resultado a pintura de fachada deve passar por todas as etapas desde o teste a percussão até o acabamento final.

Uma boa restauração tem início com um teste minucioso a percussão, que permite a identificação das áreas de revestimentos soltos, camada de concreto desagregada e de baixa resistência. As áreas de concreto deterioradas e as ferragens oxidadas deverão ser tratadas observando rigorosamente os métodos previstos na norma técnica.

As armaduras deterioradas e percentual de perda de seção menor de 12% devem tratadas e escovadas, com escova de aço até a retirada completa das camadas de oxidação. As armaduras com perda de seções maiores que 12%, devem ser reforçadas com emenda de outra barra de seção correspondente. É essencial a lavagem das fachadas para a eliminação de fungos, camadas pulverulentas e tintas desagregadas.

Depois de tratadas e recuperadas, as áreas de emboço deverão ser restauradas. Os locais deverão ser chapiscados, embolsados e finalmente selados. Deve se observar que as áreas que não tiveram de ser restauradas deve ser aplicado fundo preparador. O selador acrílico somente é aplicado nos trechos recuperados.

A pintura de acabamento, com no mínimo duas demãos de tinta, deve ser aplicada com rolo de lã de carneiro e trincha. As tintas que utilizamos, são de marcas consagradas no mercado como SUVINIL, CORAL ou SHERWIN WILLIANS.

A restauração e recuperação de fachada é necessário para proteger a edificação das intempéries. Para uma bom resultado a restauração deve passar por todas as etapas desde o teste a percussão até o acabamento final.

Uma boa restauração tem início com um teste minucioso a percussão, que permite a identificação das áreas de revestimentos soltos, camada de concreto desagregada e de baixa resistência. As áreas de concreto deterioradas e as ferragens oxidadas deverão ser tratadas observando rigorosamente os métodos previstos na norma técnica.

As armaduras deterioradas e percentual de perda de seção menor de 12% devem tratadas e escovadas, com escova de aço até a retirada completa das camadas de oxidação. As armaduras com perda de seções maiores que 12%, devem ser reforçadas com emenda de outra barra de seção correspondente.

É essencial a lavagem das fachadas para a eliminação de fungos, camadas pulverulentas e tintas desagregadas. Depois de tratadas e recuperadas, as áreas de emboço deverão ser restauradas. Os locais deverão ser chapiscados, embolsados e finalmente selados. Deve se observar que as áreas que não tiveram de ser restauradas deve ser aplicado fundo preparador. O selador acrílico somente é aplicado nos trechos recuperados.

Quero receber um contato